sábado, 14 de julho de 2007

A vida é feita de pacotes completos

Se você ama um efeito, deve amar sua causa. E vice-versa.
É muito comum fazermos as coisas erradas esperando os resultados certos. Ou ainda esperar que algo desejado caia do céu, sem que antes se faça por merecer, se batalhe, se conquiste aquele benefício. Não adianta fazer sempre as mesmas coisas esperando um resultado diferente. Também é inútil achar é possível se fazer nada e ainda se conseguir alguma coisa.

Estas são as nuances mais fáceis de compreender (embora difíceis para muitas pessoas de se praticar) de uma teoria simples: toda causa tem sua consequência ou efeito. O que é mais sutil é ter a humildade de admitir que às vezes para conseguirmos coisas que consideramos boas, precisamos antes fazer coisas que não são tão boas assim. Ou ainda que junto com aquela benção marvilhosa que você pediu insistentemente a uma estrela distante vem com um plus nada agradável.

É como eu sempre digo aos meus amigos: A VIDA É FEITA DE PACOTES COMPLETOS.

É básico. Se vc quer ficar musculoso, precisa fazer muita musculação. Ah, você não quer passar muito tempo fazendo musculação? Você pode tomar bomba, sabendo porém que o pacote de musculos rápidos vêm com um plus de impotência sexual.


Não importa o que você deseje, você não pode querer tudo: Musculos rápidos e vida saudável. A vida é feita de pacotes completos e você não pode retirar só as jujubas vermelhas e deixar as verdes na mão do baleiro.
Quando compreendemos isso, deixamos de desperdiçar energia desejando e nos desiludindo com desejos impossíveis. O universo funciona de forma a manter a harmonia do Todo. De nada adianta ficar lutando contra o método de organização universal. O ideal é que você aceite as coisas como elas são e, a partir da compreensão da realidade, use a sua energia para utilizá-la a seu favor.

Mesmo quando vemos filmes que estão na moda mencionando programação neurolinguística ou leis da atração, precisamos aceitar esta forma de proceder.

Você aprendeu no filme que pode ficar rico da noite para o dia. Mas você aprendeu no mesmo filme que para isso é preciso que se tenha uma fé vigorosa e que você se alinhe mentalmente a esta riqueza se sentindo merecedor dela do fundo do seu coração. Você já tem esta fé tão poderosa? Você acha mesmo que merece isto? Se não... sinto muito...

Analise com franqueza o universo que você está inserido e as ferramentas que estão à disposição para seu uso. Descubra até onde pode ir com elas e vá. Pare de se lamentar como uma criança birrenta querendo algo que viu na televisão ou na casa do seu vizinho.

Enfrente sua situação de forma direta, humilde e simples. Uma vez que você descobre o que é realmente o universo, pode então respeitá-lo e utilizá-lo a seu favor.


Vida viva para todos!

5 comentários:

Maya disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bhava disse...

A vida é um pacote realmente completo. Sempre buscamos o melhor, o que é natural. Mas nunca imaginamos que essa coisa pode vir acompanhada de outras coisas, que teremos que levar em conta os outros benefícios. Por isso, quando imaginarmos algo melhor pra nós, devemos ter a consciência de que virá num pacote completo. rssss. Sendo que o universo somente nos dará aquilo que merecemos. Portanto, não sejamos tão audaciosos em pensar que atrairemos sempre o que desejamos, a final de contas, só atraímos aquilo que somos!
te amojão me amor
Namaska!

Marianna disse...

Nem tem mais do que duas semanas que você me disse uma coisa e que acabou se transformando no meu lema: "Você não espera que uma pedra fale nem espera conversar com uma onça. Porque você vai esperar de uma pessoa com um determinado grau de consciência (ou inconsciência) um comportamento melhor ou mais evoluído"?
Quando eu penso nas coisas e fico, sei lá, chateada-triste-irritada-etc, eu lembro disso e falo pra mim: "você escolheu isso", ou "você que pediu", ou "agüente as consequências dos seus atos".
Parabéns pelo texto, Shakti.. Acho que vou imprimir esse pra ler todo dia!! hehe
Namaska!
(me passa o site que vc disse que ia me passar?)

Anna Rosa disse...

Eh, mamis, tbm lembro muito dessa sua frase e passo adiante pra minhas amigas qdo. estão se queixando. Adorei as ilustrações nham,nham, hummmm!!!
Bem lembrado: mesmo explicando direitinho como queremos as coisas ao universo, pecamos no merecimento. Esse aí é uma icógnita, pq nós não sabemos exatamente o que merecemos e sempre partimos do princípio que é muito. rsrsrs

Marianna disse...

Quero mais textos de Shakti! hehehe